Você está em: Página Inicial > Notícias > Post
| 26/01/2022 - 15:25
Quatropontenses não podem descartar material contaminante em lixo reciclável

A Associação Quatropontense de Catadores (AQC) continua sendo afetada pelo descarte incorreto de material contaminante jogado entre o lixo reciclável. Na última semana, os catadores receberam diversas agulhas, anestésicos, luvas e máscaras, inclusive oriundas de consultório odontológico.   

A técnica da Unidade de Valorização de Reciclados (UVR), Fernanda Jung, explica que além de incorreto é perigoso. “Os trabalhadores podem ser contaminados com a Covid-19 e outras doenças. É necessário ter mais cuidado com a saúde. Pedimos a todos que tenham empatia e consciência ao fazer a seleção dos materiais que serão dispostos em lixo reciclável”, diz, enaltecendo: “Máscaras, luvas e seringas podem ser descartadas de duas formas: colocar em uma sacola, amarrar e depositar no lixo do banheiro de casa ou entregar no Centro de Saúde, onde empresa especializada realiza o recolhimento e dá a destinação correta”.

Uso Veterinário

Seringas e medicamentos de uso veterinário também não podem ser descartados em meio aos materiais recicláveis. O produtor rural precisa devolver os materiais à empresa onde comprou, pois se trata da logística reversa e não reciclagem.

Leia Mais
Tecnologia e desenvolvimento